Dinamarca

Europa – 2012

Depois de várias pequenas paragens na Dinamarca, entro em Copenhaga por uma ponte para perder de vista. Uma estrada sobre o mar. Nos lados, o azul, o escuro e o claro terminam no infinito. Alguns barcos lideram o panorama. Após dez minutos de uma vista fantástica, o preço a pagar é de 350 kronas. Chego à capital num dia de Verão maravilhoso. Aqui encontro amigos da época do liceu, que a Internet nos pôs a par das notícias, mas nada que possa substituir um bom abraço. Eles mostram-me a cidade tal como a conhecem. Entre monumentos, praças, pontes, casas e pessoas, é difícil concentrar a minha atenção nos vários apelos sensoriais. Copenhaga cativa-me pelas cores, as bandeiras fumegantes, as bicicletas, as belas raparigas que me oferecem sorrisos, os parques, praias e bares. Pois com 20 kronas, o equivalente a 2 euros, tem uma bicicleta à sua disposição para percorrer tudo o que é canto em Copenhaga. Um luxo. No final, basta deixá-la num dos vários pontos de recolha e levar a moeda. Demasiado simples e funcional, mas verdadeiro.

About Me

Hi! I’m Luís Simões

An adventure travel sketcher, professional illustrator, and digital nomad.

Other sketchbooks