Rússia

Europa – 2013

A minha entrada na Rússia começou em São Petersburgo. Apaixonei-me pela cidade e pelas saias curtas das raparigas. É inevitável não dar por isso. O melhor da cidade é, sem dúvida, viajar pelos canais, viajar no tempo soviético pelo metro e ficar nas ruas até ao pôr-do-sol. Tive a sorte de conhecer pessoas locais que me ajudaram e, claro, tudo fica mais simplificado. Mas nem tudo foi fácil, na maioria das vezes utilizei os serviços estatais e perdi algum tempo para descobrir onde troco os bilhetes de comboio, ou onde está a estação, acompanhado de alguns rostos pouco amigáveis. No entanto, estes são momentos deliciosos de conversa. Pergunto em inglês e a resposta vem em russo e se pergunto duas vezes, a resposta é a mesma, só muda para um tom mais alto. Deixando claro que o meu problema é a surdez e não o idioma.

About Me

Hi! I’m Luís Simões

An adventure travel sketcher, professional illustrator, and digital nomad.

Other sketchbooks