Mongólia

Mongólia

Ásia – 2013

A natureza ampla deste país é algo magnetizante e fez-me perceber definitivamente que também fui concebido para viver no meio selvagem. Viver a profunda vida nómada foi, sem dúvida, uma realização simplificada do meu ser. Enfiei os meus pés na terra e deixei-os obter as texturas enquanto caminhava pelo campo, pelas montanhas e pelo deserto. A água com que lavei o meu rosto foi a mesma água que saciou a minha sede e congelou o meu corpo. Vi a chuva furiosa a aproximar-se, o relâmpago a rasgar o horizonte ao meio e, deitado, contei os segundos até o trovão me abanar o peito. Soube bem sentir a natureza e ter a noção da sua força. Acordei numa poça de água após três horas sob uma trovoada, numa tenda improvisada. Despojei palha, estrume de cavalo numa pequena colina, descasquei pedaços de árvore seca e soprei até que as primeiras chamas quebraram os tons frios. O fogo fez-me perceber como encontrar novamente conforto.

About Me

Hi! I’m Luís Simões

An adventure travel sketcher, professional illustrator, and digital nomad.

Other sketchbooks

Buy & Support